o dia em que a Bugra partiu

Publicado 2012/02/22 por Bibi

Oi filha!

Hoje o assunto é um pouco triste. Mamãe queria falar sobre nossa cachorrinha Bugra, que morava lá na casa dos teus avós maternos.

Infelizmente você não vai conhecê-la porque na última segunda-feira, dia 20, ela nos deixou. A Bugrinha ia fazer 17 anos no dia 5 de abril. Já estava velhinha e muito debilitada. Era uma Cocker Spainel preta.

Quando mais novinha, ela era brava. Geniosa que só vendo. Era o dodói do vovô Altamir.

Quando ela veio para nossa família, bem pequenininha, em 1995, a dona dela era a tia Karolina. Mas logo vovô tomou as rédeas da criação dela e então ela virou nossa irmã e vovô e vovó, os pais. Sim, nós tratamos nossos bichinhos como membros da família!

A Bugrinha era toda preta, de orelhas compridas, dentões brancos e latido forte. Tinha um pêlo maravilhoso. E todos os dias ia passear com vovô pelas ruas da redondeza. E quando passava na frente de casa e ainda não estava satisfeita, ela puxava a guia e pedia mais…

Passou os últimos dias deitadinha, talvez sofrendo em silêncio, pois não aparentava dor. Aparentava serenidade. Já não conseguia caminhar direito e sofria com as feridinhas dos tumores que não tinham mais cura, devido à idade avançada.

Todos ficamos tristes com sua partida, mas temos certeza que ela está melhor. E que fizemos tudo para que ela vivesse esses 17 anos da melhor maneira possível, sempre muito bem cuidada pelo vovô, que sempre a tratou com carinho. Seu veterinário particular.

Nossa Buzzi, querida, que São Francisco de Assis te acolha com carinho na tua nova casa e na tua nova família, em outra dimensão, lá no céu dos cachorros mais queridos e mais amados!

Beijos meu e da Nina!   

Anúncios

10 comentários em “o dia em que a Bugra partiu

  • Ai Bibi , que triste!Até chorei. Essas coisas não deviam acontecer.Eles deviam ter o mesmo tempo de vida nosso.Com certeza ela está bem agora , mas a gente sofre mesmo assim, por perder a companhia deles. Somos até um pouco egoístas , mas é difícil aceitar perder um amigo.
    Peço á Deus que deixe os meus cachorrinhos comigo por muito tempo ainda.
    Fica bem viu.

  • Ah, lembrei da minha Dobermann, Sharon, que era uma grande amiga e nos deixou bem velhinha!

    Eu sei bem o que passas, amiga!!

    Sinta-se abraçada!

    Beijos.

  • Ahhh tadinha da Buzzi….Q bom q ela viveu 17 anos com muito carinho…isso q importa né Bibi….
    Eu sei como é a dor de perder uma cachorrinha…nossa nem quero lembrar e a minha foi um acidente,…nossa! melhor nem comentar….

    Bezuuuu em vc e na Nina….adorei o diminutivo de Marina

  • Oiii mamãe, adoreim seu blog… Principalmente pq tbm tratamos aqui em casa nossos animais como da familia, e eles são!!! Amo demais!!!
    Vou acompanhar sua gestação, a minha está quase no final rsrs
    Beijoooos

  • Oi Bibi e oi mais que especial para Nina!

    A Bugra deve estar agora feliz e radiante sem dores passeando no céu dos cachorros, de repente até encontrou a minha Xica e a minha Nega por lá…Muita força para ti, para o Sr Altamir que como nós é um apaixonado por animais.

    Nina, que bom que tua família faz parte das pessoas de bem que ama os pets como sendo parte da família….

    Bugra fique bem onde estiver e se ver a Xica e a Nega corra para brincar…bjs

  • Oi Bibi, que post triste, sinto muito.
    Tambem tenho uma companheira a 16 anos comigo, quando eu estava gravida conversava com ela pra ela esperar até conhecer o meu bebe, e foi o que ela fez, mas ela anda meio doentinha e sinto que logo logo ela vai nos deixar, é uma parte de nós tbem…ja que são sempre muito companheiras.
    Adorei seu blog, ganhou mais uma amiga.
    Te seguindo>>>>

  • Oi Bibi,

    Meus bebês (de 4 patas) tambem são gente… Eu os levo ver o vovô e a vovó, falo que o papai tá enrolando eles, que a mamãe precisa conversar sério com eles…
    Eles fazem falta, são parte da família mesmo…
    Mas a Bugra estava velhinha, tadinha, viveu bastante…
    Bjs e sinto muito.

  • Aiiiiiiiiii …agora que fui saber que vc está na doce espera de uma PRINCESAAAA que emoção hein??? Q delicia parabéns por essa menininha!

    Poxaaa q triste pela cachorrinhaaa, eles fazem até parte da familia, e é muito ruín quando perdemos um amigo fiel, no caso amiga.

    bjim

  • Dê seu pitaco...

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s

    %d blogueiros gostam disto: