família

Todos os posts na categoria família

em casa

Publicado 2012/07/14 por Bibi

Então, como comentei no post anterior, recebemos alta e viemos para casa. E aí o pavor começou a me pegar de jeito… rsrsrs

Não sei se é o jeito como escrevo que parece que é tudo fácil… mas claro que não é, né gente. É um exercício de paciência o tempo todo. Uma mudança de tudo: hábitos, rotina, tudo mesmo. E mesmo tendo 9 meses para nos prepararmos, ainda assim, o nascimento é algo muito novo. Enfim, nunca estamos suficientemente preparadas. Mas temos que seguir conforme a correnteza se não quisermos sofrer, achar tudo duro, difícil… me entendem? Não há livro ou manual que seja melhor do que nossa vontade de fazer as coisas, que dêem certo!

Pois então, chegamos em casa… a minha sorte foi que na terça, dia do parto (cesárea para quem perguntou), a faxineira tinha aparecido aqui em casa. Estava tudo praticamente limpo. tinha que organizar algumas coisinhas, só.

Primeiro, foi a recepção: os pets estavam loucos de saudades de mim… mas ao ver a Marina, deram um passinho para trás para cheirar o novo membro da família. O papai já havia trazido as roupinhas dela para eles se habituarem. Foi tudo tranquilo, tirando a curiosidade e o gato que queria subir por tudo… mas posso dizer que está tudo dominado.

Chegamos em casa um pouco depois do meio dia. Então, após nos organizarmos, papai foi comprar a medicação que eu precisava ter em casa e mais algumas coisinhas pra Nina, que a pedi receitou. Depois ele foi ao mercado…

Enquanto isso, eu me organizava: como eu ia trocar as fraldas, onde… e assim fui me organizando…

Primeira noite: na hora de dormir dei o peito pra Nina e ela sugou bastante…. Estou trocando a fralda sempre antes de amamentar, porque aí, depois ela dorme tranquila e não tem problemas com refluxo. Coloquei ela no carrinho, eram 23 horas… e ela já estava dormindo. Viemos pro meu quarto, ela ficou do meu lado, no carrinho… me ajeitei, deitei e dormimos… acordei as 3 horas da madrugada, e ela nada de acordar. A levei-a até o quartinho e troquei a fralda – nesse tempo ela acordou… tentei dar o peito, mas ela dormiu novamente. Então deixei dormir… coloquei-a no carrinho novamente e dormimos até as 7 da manhã, quando levantei novamente, troquei a fralda e tentei dar o peito. Aí ela tomou um pouco, mas dormiu novamente. Agora, enquanto escrevo, ela dorme… na claridade mesmo (a pedi disse pra deixar sempre tudo muito claro durante o dia para ela saber diferenciar o dia da noite, então já acordei abrindo as persianas!).

Os sinais que sempre confirmo: tem que ter xixi e cocô. Sinal que ela mamou. Xixi tem sempre. Cocô, nas 5, 6 trocas que já fiz em casa, teve em 2. Está ótimo. e ela dorme bem, não chora… então só me preocupo em ela estar sempre limpinha… ofereço o peito a cada troca, mas se ela dorme, deixo. Sinal que ela ainda está com as tais reservas…

Estou passando um oleozinho bem bom nos mamilos e usando as conchas de silicone e isso está sendo ótimo. A pedi receitou complemento, se necessário. Compramos por precaução, mas ainda não precisamos usar (as tais reservas)… mas se precisar, vou usar sim. Tenho muito leite. As conchas ficam com bastante líquido… pena que não dá pra colher e dar pra ela tomar… hehehe

E assim está sendo a nossa rotina. Todo dia, um aprendizado… ela é calma, isso é uma bênção…  Muito querida. Vou torcer para que continue assim.

Olhem que fofura!

PS: Não podia deixar de comentar que a Maísa nasceu!!! E nasceu no dia em que a Marina nasceria… essas meninas apressadinhas…  Queremos desejar muita saúde para essa princesinha e mutias felicidades para toda a família da nossa amiga Maria Lívia! Fiquei muito feliz em poder compartilhar a gravidez com ela… As dificuldades do antes, as alegrias da gestação e as descobertas do agora! Seja bem vinda Maísa!!!

Beijo a todas!!!

aniversário do papai

Publicado 2012/04/11 por Bibi

No dia 07 de abril (simmm, estamos atrasadas!!!), o papai da Marina esteve de aniversário. Um dia antes da Páscoa. Portanto, foi uma sorte: comemorou o dia na praia, com churrasco, cerveja e com os amigos (e com início de gripe, aliás foi o presente da mamãe: a gripe! hehehe).

Foi o primeiro aniversário do papai como papai. Mas ano que vem, será o primeiro com a Marina aqui consoco!

Ah, o presente? Sim, além da Marina, é claro, ser o presente pra toda a vida, ele ganhou uma blusa da mamãe da Marina e perfumes cheirosos dos sogros e cunhados.

A mamãe, a Marina, a Mona e o Fredo querem desejar ao papai muitos e muitos anos de vida, ao nosso lado!

Que ele continue sempre tendo muita paciência, pois a partir de agora, terá que lidar com duas espécies do sexo feminino, duas TPMs, e por aí vai! que presentão, heim, papai!!!

Aí vão umas fotos do papai. Será que a Marina vai ser parecida com ele?! Mistério!!!

Beijos e muitas felicidades ao Meu Amor, àquele que me deu a maior felicidade da vida e me despertou a vontade de ser mãe! Que me ensinou e me ensina todos os dias!

Te amo! Feliz aniversário!

 

 

4ª consulta pré natal

Publicado 2012/03/01 por Bibi

Hoje tivemos a 4ª consulta pré natal.

Levei uma lista de coisas para perguntar, pois quando chego lá, esqueço tudo. Ela diz que está tudo indo bem, sempre (e graças a Deus), e aí me empolgo e acho que não preciso perguntar nada… Então é melhor levar tudo anotado pra não “perder o fio da meada”.

As dúvidas basicamente foram:

  1. Indicação de curso para os pais da Unimed: ela fez a indicação e agora só tenho que ir atrás pra ver onde entrego e agendo o curso.
  2. Liberação para a hidroginástica: fui liberada e recebi novo atestado.
  3. Requisições para os próximos exames e US: já estão comigo.
  4. Preparação para amamentação: continuar com a bucha e após o banho usar uma pomada e massagear bem o bico (tipo, puxar mesmo, prum lado e pro outro pra formar bem o bico). Isso é contínuo – até ganhar e depois também.
  5. Intestino preguiçoso: tomar bastante água de coco, comer frutas e muita água durante o dia até a 24ª semana, quando repetirei os exames de sangue (tipagem sanguínea, fator RH, toxoplasmose, tireóide, glicemia e hemograma).

Mostrei a última ecografia e está tudo indo muito bem. Nossa bebezinha está crescendo bastante, a placenta está alta e deu para ouvir novamente o coraçãozinho no consultório,  com 140 bpm. Ela estava bem agitada e dava para ouvir direitinho ela nadando lá dentro. O colo do útero está bem fechado, mas a bacia continua dura.

Quanto ao peso: desde que engravidei, aumentei 6,2 kg. Segundo ela, como estou na metade da gestação, se eu mantiver a média de 320 gramas por semana, vou engordar no máximo 12 kg. Dentro do normal. Voltando com a hidroginástica, vou desinchar e manter melhor meu peso, já que faz um mês e meio que estou sedentária.

Ela me pediu para não tomar suco de fruta e sim comer a fruta, que é menos calórica. E tomar mais água de coco, além de muita água. E fazer as três refeições normais (café, almoço e jantar).

Sobre as estrias: na barriga ainda está tudo lisinho e bonitinho, nas pernas também. But, nos seios, gentennn… estou apavorada. Não há creme que dê jeito nas desgraçadas. Chego a ir dormir untada!  Vou usar à noite um sérum que a dermato autorizou a usar no rosto durante a gestação. Falei com a obstetra e ela disse que posso usar.  Vou tentar!

A barriga está um pouco maior do que o esperado, mas ela disse que não é nada pra eu me preocupar.  

E me deu nota 10!!! Huhuhuhu!!! J

Próximas consultas: 05/04 e 07/05.

Desde a semana da primeira mexida – 17ª – até agora, foram muito poucas as vezes que senti chutes ou soluço. Ou ela é preguiçosa, ou ainda é cedo para sentir sempre. A Dra disse que a partir da 22ª semana é que os movimentos ficam mais perceptíveis. Então estou tranqüila quanto a isso e esperando chegar a tal 22ª semana.

Ando com mais sono, mas também com mais dificuldade para dormir. A Talita, do Mommy-To-Be,  sugeriu um travesseiro para ajudar. Ela disse que ia comprar e me falar como era. Mas como eu estou necessitada pelo tamanho do barrigão de seis  cinco meses, me atraquei e comprei ontem… agora é esperar chegar e experimentar.  

Comprei o termômetro para a banheira, numa dessas passadas por uma loja na rua… bem coisa de quem não sabe o que comprar e compra qualquer coisa… Afe!

Estou à cata de macacõezinhos (tiptop) RN, P e M. Mas pensam que encontro? Talvez sábado eu me aventure pelas lojas (fora dos shoppings). Pelo menos em uma eu pretendo ir.

No próximo post vou mostrar os novos presentinhos que a Nina ganhou!

Beijos!

o dia em que a Bugra partiu

Publicado 2012/02/22 por Bibi

Oi filha!

Hoje o assunto é um pouco triste. Mamãe queria falar sobre nossa cachorrinha Bugra, que morava lá na casa dos teus avós maternos.

Infelizmente você não vai conhecê-la porque na última segunda-feira, dia 20, ela nos deixou. A Bugrinha ia fazer 17 anos no dia 5 de abril. Já estava velhinha e muito debilitada. Era uma Cocker Spainel preta.

Quando mais novinha, ela era brava. Geniosa que só vendo. Era o dodói do vovô Altamir.

Quando ela veio para nossa família, bem pequenininha, em 1995, a dona dela era a tia Karolina. Mas logo vovô tomou as rédeas da criação dela e então ela virou nossa irmã e vovô e vovó, os pais. Sim, nós tratamos nossos bichinhos como membros da família!

A Bugrinha era toda preta, de orelhas compridas, dentões brancos e latido forte. Tinha um pêlo maravilhoso. E todos os dias ia passear com vovô pelas ruas da redondeza. E quando passava na frente de casa e ainda não estava satisfeita, ela puxava a guia e pedia mais…

Passou os últimos dias deitadinha, talvez sofrendo em silêncio, pois não aparentava dor. Aparentava serenidade. Já não conseguia caminhar direito e sofria com as feridinhas dos tumores que não tinham mais cura, devido à idade avançada.

Todos ficamos tristes com sua partida, mas temos certeza que ela está melhor. E que fizemos tudo para que ela vivesse esses 17 anos da melhor maneira possível, sempre muito bem cuidada pelo vovô, que sempre a tratou com carinho. Seu veterinário particular.

Nossa Buzzi, querida, que São Francisco de Assis te acolha com carinho na tua nova casa e na tua nova família, em outra dimensão, lá no céu dos cachorros mais queridos e mais amados!

Beijos meu e da Nina!   

festa pra Mona

Publicado 2012/02/15 por Bibi

Hoje vai ter uma festa… Mas não é com bolo e guaraná! É com churrasco mesmo! A pedido da aniversariante. Brincadeirinha!!!

Hoje quem completa 7 anos é a minha linda Monalisa. Parece que foi ontem que ela me olhou, numa feirinha de adoção de animais e me pediu para ser levada pra casa, com 1 mês e meio de vida.

E até hoje só me trouxe muitas alegrias. É companheira, doce, esperta, comportada… e quando quer, engraçada. Está sempre ao meu lado, nas horas boas e não tão boas.

A Mona é medrosa, e como todo vira-latas, é apreensiva. Ela tem medo de trovoada, fogos de artifício e estouros muito fortes. Ah, tem medo de aspirador de pó. E não gosta quando eu assisto jogos de futebol do Inter, pois fico nervosa e ela fica com medo.

Tem uma personalidade forte. Se levá-la para passear e resolver voltar, ela volta. Não há quem chame de volta. Nada de subornos. Quando coloca uma coisa na cabeça, vai até o fim. Teimosa. Puxou à dona, será?!

Adora dormir embaixo da cama. Há pouco aprendeu a dormir na cama dela, que antes só servia para viajar.

Tem um gato como companhia. Passam juntos, mas ele é mais dependente dela do que ela é dele. E depois dizem que gatos são independentes. Aqui em casa é o contrário. Ela se sente um pouco mãe dele. E ele se acha o filho.

Minha linda Monalisa, desejamos a você muita saúde para passarmos muitos anos juntos. Agora virá um bebezinho e você vai aprender a cuidar e ele vai aprender a gostar de você também.

Parabéns!!!